Como o vidro é fabricado?

Como o vidro é fabricado?

Entenda nesse artigo como o vidro é fabricado. A matéria prima base do vidro é a sílica (dióxido de silício), encontrada na areia. Em um misturador, a areia se junta com o calcário, carbonato de sódio (barrilha) e outros óxidos e são encaminhados para fornos com temperaturas exorbitantes, onde os elementos serão fundidos antes de serem despejados em um banho de estanho.

Esse processo acima descrito dá origem ao vidro comum, que por sua vez serve de base para quase todos os outros tipos de vidros disponíveis no mercado. Também é possível adicionar ou retirar componentes durante o processo de fabricação do vidro. Acrescentar níquel, por exemplo, atribui tons de azul ao vidro; enquanto que o baixo teor de óxido de ferro eleva a transparência do vidro (vidro extra clear).

A fusão de todos os elementos da composição do vidro resulta em uma massa pastosa (massa vítrea), nem líquida nem sólida - a viscosidade da massa vítrea lembra o mel - que nos dias de hoje ainda é objeto de estudos entre os cientistas.

Depois da fundição, a massa flutua em um banho de estanho e é acomodada para resfriamento gradual. Após o primeiro resfriamento o vidro float passará por mais uma fase de tratamento térmico denominada de recozimento, para ser resfriado novamente e ficar disponível para ser usado ou submetido a beneficiamentos.

Como é feito o vidro

As matérias primas utilizadas na fabricação do vidro são as responsáveis pelas características singulares do produto. Compreenda melhor como o vidro é fabricado e qual a função de cada um dos seus principais elementos:

- A sílica é responsável por atribuir a característica vitrificante ao produto final. Não por acaso é a matéria prima principal da massa vítrea, correspondendo a 70% da composição do vidro. A sílica (óxido sílico) é abundante em nosso planeta, pois como já comentado, é encontrado em forma de areia, além das pedreiras e leito de rios.

- O sódio (carbonato de sódio/barrilha) ganha a missão de facilitar a fusão da sílica. Com a utilização do carbonato de sódio a massa vítrea começa a se fundir a uma temperatura de aproximadamente 1.300° C. Sem a adição do sódio, a fusão iniciaria após o forno atingir 2.300°C.

- O cálcio (calcário) funciona como estabilizante, equilibrando os componentes e ficando responsável por impedir que a placa de vidro seja solúvel. Além do cálcio, os óxidos de zinco e magnésio também funcionam como estabilizantes para a massa vítrea.

Ao compreendermos que os principais ingredientes do vidro possuem funções vitrificantes, estabilizantes e que auxiliam na fusão das matérias primas, fica mais fácil compreender como o vidro é fabricado.

Além do mais, a indústria vidreira utiliza outros elementos para alcançar outros resultados, como o óxido de titânio - que atribui tonalidade amarelada ao vidro; e a alumina - que agrega resistência ao vidro.

Vidro reciclado

Aqui vale lembrar que a indústria do vidro utiliza cacos de vidro para a produção de novas peças. Essa ação, além de aperfeiçoar o aproveitamento das matérias primas, também evita a retirada de recursos da natureza. Cada tonelada de vidro reciclado evita a utilização de 1,2 toneladas de recursos naturais.

Ressaltamos que, por ser composto basicamente de areia, o vidro pode ser reciclado infinitamente. Além do mais, o material é 100% reciclável, de modo que 01 tonelada de cacos de vidro resultará em 01 tonelada de vidro reciclado, com a mesma qualidade e pureza de antes. Parece magia, não?

Cabe lembrar ainda que toda a magia de como o vidro é fabricado é transportada para os produtos comercializados pela Lukk. Acesse nosso site e conheça a maravilhosa lousa de vidro IZ Board e todos os quadrinhos decorativos da linha Uau Glass!

Voltar ao topo